Quem tem direito ao PIS?

O Programa de Integração Social, mais conhecido como PIS, é um encargo tributário que o trabalhador da iniciativa privada pode fazer para ter acesso a benefícios especificados por lei. Esse programa é feito em parceria entre a Caixa Econômica Federal e o Governo Federal.

Logo, se você quer saber mais informações sobre quem tem direito ao PIS e entender como é possível consultá-lo e recebê-lo, continue lendo este artigo até o final. Boa leitura!

Quem tem direito ao PIS

Caixa PIS: Como funciona

A Caixa Econômica Federal é o banco responsável pelos trâmites legais referentes ao pagamento do PIS para funcionários da iniciativa privada.

Apesar disso, não é necessário ser cliente da Caixa para ter acesso aos serviços do Governo. Na verdade, a empresa é apenas a intermediária do programa.

Além de oferecer o serviço de pagamento, o banco ainda disponibiliza a você a possibilidade de consultar a situação do PIS. Logo para realizar a consulta do PIS através da Caixa, você deve acessar o portal por meio do seguinte link.

Ao fazer isso, insira o número NIS (é o mesmo que o número do PIS/PASEP), o CPF, seu e-mail já cadastrado e a senha. Lembre-se de assinalar o Captcha de segurança e clique em “acessar”.

Para se cadastrar, basta inserir seu CPF e, em seguida, clicar no botão referente a “Cadastrar”. Dessa forma, siga corretamente as instruções de cadastro a fim de conseguir entrar no portal.

Ao final do processo, você poderá visualizar as informações referentes a sua situação do seu PIS em tela.

Mas, afinal, quem tem direito ao PIS de fato? É exatamente isso que você descobrirá logo a seguir.

Quem tem direito ao PIS/PASEP?

Respondendo à pergunta inicial sobre quem tem direito ao PIS, vale ressaltar que são os trabalhadores que contribuem há mais de cinco anos com o programa e que desejam resgatar seu abono salarial.

Além disso, é de suma importância o cidadão ter trabalhado nos últimos 30 dias, recebendo um salário referente ao valor de dois salários mínimos do ano de solicitação.

Por fim, as informações referentes à Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) também devem estar em dia no sistema do empregador.

Ficou claro quem tem direito ao PIS? Então agora é hora de entender mais algumas informações importantes a respeito do assunto.

PIS 2020: Valor

No ano de 2020, o valor do abono salarial é calculado proporcionalmente em relação ao tempo trabalhado no ano-base em que é solicitado. Dessa forma, o cálculo corresponde ao número de meses trabalhados multiplicados por 1/12 do salário mínimo vigente.

Assim, o valor do benefício para cada trabalhador é diferente, logo não deixe fazer seu cálculo para tirar a conclusão, ou apenas realize uma consulta da sua situação no portal da Caixa.

Caso prefira, você pode ligar para a Central de Atendimento através do número 0800 726 0207 para solicitar o valor dele.

Calendário PIS 2020

O calendário PIS muda anualmente, e fica disponível no portal da Caixa Econômica Federal.

Abaixo você conseguirá visualizar as datas referentes ao saque, bem como o mês de nascimento do requerente

Feito isso, anote as datas referentes a seu mês de nascimento a fim de conseguir realizar o saque de seu benefício.

Calendário PIS 2020

Como receber o PIS

Para receber o pagamento do PIS 2020, assim como já mencionado, basta conferir no calendário do ano as datas disponíveis para o serviço.

Feito isso, é só se dirigir à uma unidade da Caixa Econômica Federal munido de seu Cartão Cidadão para receber o seu benefício.

Consultar PIS pelo CPF

Se preferir, é possível realizar a consulta do PIS através do número do seu CPF. Para isso, é necessário acessar o portal do Meu INSS através do link.

Em seguida, realize o login com seu CPF e a sua senha única do sistema Gov.br e serão disponibilizadas em tela as informações referentes ao seu número do PIS, assim como sua situação atual.

Como consultar PIS

Podemos dizer que existem várias opções para você que deseja realizar a consulta do PIS. Veja quais são elas a seguir e escolha a que mais combina com você:

Consultar PIS pela internet

Uma das opções mais utilizadas pelos trabalhadores em geral é a consulta via internet. Se você quer acessá-la, visite o portal por meio do seguinte link.

Feito isso, insira as informações solicitadas, que nesse caso são o CPF ou e-mail pré cadastrado, o número NIS (é o mesmo que o número do PIS/PASEP) e a senha.

Por fim, não se esqueça de assinalar o código de segurança Captcha e solicitar a pesquisa.

Se você ainda não está cadastrado, não se preocupe. Para isso, basta inserir seu CPF no formulário e, em seguida, clicar no botão referente a “Cadastrar”. Dessa forma, você será direcionado a uma nova página na qual deve inserir suas informações. Lembre-se de seguir corretamente as instruções de cadastro.

Ao final, você terá em tela as informações referentes à situação do seu PIS.

Consulta por telefone

Caso prefira resolver os problemas à moda antiga, você pode também realizar a consulta do PIS através do telefone da Central de Atendimento da Caixa Econômica Federal ligando para o número 0800 726 0207.

Durante a ligação, um atendente irá te auxiliar no processo de consulta. Para isso, ele solicitará algumas informações referentes ao seu cadastro e, por fim, irá te fornecer as informações sobre sua situação.

Consulta PIS no caixa eletrônico

Para fazer a consulta pessoalmente, vá à uma unidade da Caixa e solicite através do caixa eletrônico com seu Cartão Cidadão o saldo do seu benefício PIS. Siga os passos solicitados na tela do caixa, e essa informação será disponibilizada.

Consulta PIS Aplicativo Caixa

Consulta PIS Aplicativo Caixa

Por fim, mas não menos importante, a Caixa Econômica Federal criou o aplicativo Caixa Trabalhador. Nele você pode realizar consultas referente ao PIS, assim como acessar as informações sobre o abono salarial, seguro-desemprego, e os calendários de pagamento, além de conferir quem tem direito ao PIS.

O aplicativo está disponível na Play Store para celulares Androids ou na App Store para iOS.

Em suma, saber quem tem direito ao PIS ajuda muito na hora de se planejar para receber o auxílio, não é mesmo? Em caso de dúvidas entre em contato com a Central de Atendimento pelo número 135.

PIS PASEP: Como Funciona

Todo cidadão que trabalha no país tem o dever de pagar alguns tipos de encargos tributários, sejam eles da iniciativa privada ou da pública. Isso com o intuito de ter acesso a alguns benefícios especificados por lei.

Logo, o trabalhador deve estar registrado em um dos programas que fazem o repasse desse valor, que são conhecidos como PIS PASEP.

Vale ressaltar que o pagamento deles é feito através da parceria do Governo do Estado com dois bancos brasileiros: a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

Quer saber mais sobre cada programa e qual é o banco que gerencia os benefícios do trabalhador privado e do público? Então, continue lendo este artigo até o final. Boa leitura!

PIS PASEP: Como Funciona

PIS: O que é?

O PIS (Programa de Integração Social) é uma contribuição tributária que o cidadão que trabalha na iniciativa privada tem que fazer para ter acesso a alguns benefícios.

É importante deixar claro que a Caixa Econômica Federal, em parceria com o Governo do Estado, ficou responsável por fornecer o pagamento desse benefício, assim como oferecer toda a assistência para o cidadão em relação a consultas e dúvidas.

Para utilizar os serviços da Caixa não é necessário ser correntista do banco.

PASEP: O que é?

Ao contrário do PIS, o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é uma contribuição tributária realizada especificamente pelos funcionários públicos.

Desde o ano de 1975, o fundo PASEP foi unificado com o PIS, dando origem ao que conhecemos hoje como fundo PIS PASEP.

Para realizar os serviços de consulta, recebimento do benefício e saque, o trabalhador deve entrar em contato com o Banco do Brasil – instituição que ficou responsável por fornecer os serviços do programa.

Assim, se você é funcionário público e quer saber como pode resgatar seu benefício PIS PASEP, continue lendo este artigo.

PIS: Quem tem direito

Para ter direito aos benefícios oferecidos pelo PIS, vale ressaltar que os trabalhadores devem ter contribuído no mínimo por cinco anos com o programa.

Além disso, para resgatar o benefício referente ao abono salarial, o cidadão precisa ter trabalhado nos últimos 30 dias, ganhando até dois salários mínimos.

Lembre-se ainda de conferir suas informações referentes à Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) que devem estar corretas e constarem no sistema do empregador.

PASEP: Quem tem direito

Os requisitos para solicitar o benefício PASEP, semelhante ao PIS, são os seguintes:

  • O trabalhador deve ter contribuído cinco anos ou mais com o programa;
  • Essas informações devem constar corretamente na RAIS;
  • O trabalhador tem que ter trabalhado por no mínimo 30 dias antes da solicitação do benefício;
  • O contribuinte precisa estar ganhando um salário referente até dois salários mínimos no ano-referência.

PIS: Como consultar

Para consultar a situação do seu benefício, você pode escolher entre algumas opções disponibilizadas pela Caixa.

Uma delas é através da Central de Atendimento pelo telefone 0800 726 0207. Porém, a opção mais utilizada atualmente é por meio da internet. Para acessá-la, basta entrar no portal clicando no link.

Feito isso, insira seu CPF ou e-mail pré cadastrado, o número NIS (é o mesmo que o número do PIS PASEP) e a senha no formulário. Em seguida, responda o código de segurança Captcha e solicite a consulta.

Caso ainda não seja cadastrado, é só inserir seu CPF no formulário e clicar no botão referente a “Cadastrar”. Assim, você será direcionado a uma nova guia para continuar o cadastramento.

Por fim, as informações referentes à situação do seu PIS serão mostradas em tela.

PASEP: Como consultar

Para consultar a situação do seu benefício PASEP no Banco do Brasil, você tem duas opções.

A primeira é através de um posto de autoatendimento BB – caso o servidor seja correntista do banco. Para isso, acesse o terminal de atendimento com seu cartão e senha e, em seguida, selecione a opção Extratos – Extratos diversos – Agenda financeira. Assim serão dispostas na tela do terminal as informações referentes ao seu PIS PASEP.

A segunda opção é através da internet. Para realizar a consulta, basta acessar o portal do BB. Feito isso, acesse diretamente a opção referente à sua Conta Corrente – Extrato diversos – Agenda financeira.

Para ter acesso aos benefícios do PASEP é necessário possuir uma conta no Banco do Brasil.

PIS: Calendário

Anualmente é feito um calendário PIS diferente. O calendário oficial é divulgado no portal da Caixa Econômica Federal através deste link.

Abaixo você pode confirmar as datas referentes ao saque, a partir do mês de nascimento do requerente.

Lembre-se de anotar o período que remete a seu mês de nascimento e se programe para realizar o saque do seu benefício.

Calendário PIS

PASEP: Calendário

Assim como o PIS, o pagamento dos rendimentos do PASEP e do abono salarial ocorrem através de calendário.

Ele muda anualmente, logo você pode ter acesso à tabela neste link do portal do Banco do Brasil.

Abaixo você pode conferir todas as datas de pagamento:

Calendário PASEP

Consulta cota PIS

Da mesma forma que realizamos a pesquisa para saber a situação do seu benefício, podemos conferir qual é o valor da cota PIS do ano-referente. Para isso, acesse o portal da Caixa e siga alguns passos simples.

Insira as informações solicitadas, que nesse caso são o número NIS (esse número é o mesmo que o PIS PASEP), seu CPF, e-mail já cadastrado e a senha. Feito isso, não se esqueça de confirmar o Captcha de segurança e acesse o sistema.

Assim, você poderá conferir o valor referente à sua cota PIS.

Consulta cota PASEP

Para consultar se você é um beneficiário, assim como saber se já tem direito ao saque do PASEP, basta acessar o portal do Banco do Brasil pelo link.

Depois disso, insira seu número de inscrição PASEP que se encontra na sua carteira de trabalho, ou acesse através do seu CPF e data de nascimento.

Lembre-se de assinalar o captcha de segurança a fim de ter em tela as informações referentes à situação do seu benefício, assim como o valor da cota PIS PASEP.

Como receber o PIS

Para receber o PIS é só se dirigir à uma unidade da Caixa Econômica Federal munido do seu Cartão Cidadão e senha pré cadastrada e realizar o saque em um caixa eletrônico.

Caso seja correntista do banco Caixa, você pode receber o valor referente à cota diretamente em sua conta a partir da data expressa no calendário.

Como receber o PIS

Como receber o PASEP

Se você deseja realizar o saque do seu benefício PASEP, deve se dirigir à uma agência do Banco do Brasil, munido do seu documento de identificação e solicitar o serviço no caixa eletrônico.

Você pode também solicitar o benefício direto em conta durante o período disposto no calendário.

Em suma, o funcionamento do PIS PASEP é muito mais fácil do que se imagina. Agora que você tem as informações necessárias pode solicitar o seu, seja funcionário público ou privado.

Número do PIS: Como Consultar

O Programa de Integração Social, mais conhecido pela sigla PIS, é uma contribuição tributária que o servidor da iniciativa privada faz junto ao Governo para posteriormente ter acesso a benefícios especificados por lei.

Essa contribuição é realizada diretamente pela empresa que o contrata, e se refere a uma pequena porcentagem do salário mensal do colaborador que é creditada ao Governo Federal.

Logo, para ter acesso a esse benefício, assim como realizar solicitações e fazer as consultas, o solicitante deve saber qual é o seu número do PIS.

Caso você esteja em dúvida se tem esse número do PIS ou simplesmente ainda não sabe como consultá-lo, continue lendo este artigo até o final que iremos te explicar o passo a passo. Vamos lá?

Número do PIS: Como Consultar

Número do PIS: O que é?

O número do PIS é um registro emitido para o trabalhador assim que ele é cadastrado na previdência social.

Vale ressaltar que o PIS é exclusivo para trabalhadores da iniciativa privada e serve para consultar os benefícios que eles têm direito, como o abono salarial e o saque das cotas do fundo do PIS/PASEP.

Para ter acesso ao benefício do PIS, o cidadão deve ter trabalhado nos últimos cinco anos na iniciativa privada, assim como ter recebido até dois salários mínimos no último mês e ter suas informações corretas no sistema de seu contratante.

Número do PIS: Onde fica?

Caso ainda não saiba onde o número do PIS se encontra, não se preocupe. Na verdade, basta conferir alguns de seus documentos para encontrá-lo. Entre esses documentos temos: Carteira de trabalho, Cartão Cidadão e Extrato do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Além disso, é possível solicitar a consulta do seu número do PIS em uma agência da Caixa Econômica Federal, munido de seu documento com foto. Afinal de contas, a Caixa é o banco vinculado ao Governo Federal que fiscaliza e oferece os serviços de consulta, emissão e distribuição dos benefícios do INSS.

Número do PIS é o mesmo do NIS?

Sim, o número do PIS é o mesmo do NIS (Número de Identificação Social). Além disso, o número do PIS também é o mesmo número do NIT (Número de Identificação do Trabalhador).

Número do PIS: Como saber

Outra opção para você que quer descobrir qual é seu número do PIS, é através do portal do CNIS. Para isso, acesse o site, selecione a opção “Cidadão” e depois clique em “Filiado”. Feito isso, informe os dados pessoais solicitados no formulário.

Então, após clicar em continuar o seu número NIT será disponibilizado em tela – como dito anteriormente, o número do PIS é exatamente o mesmo.

Número do PIS pelo CPF

Para realizar a consulta do PIS através do número do seu CPF, tudo o que você precisa fazer é acessar o portal do Meu INSS através do link. Assim, realize o login com seu CPF e a sua senha única do sistema Gov.br, e o seu número PIS será disposto em tela, bem como as demais informações.

Como saber o número do PIS pela internet

A consulta do número do PIS pela internet pode ser feita através do site do CNIS. Para isso, siga o passo a passo a seguir:

Passo 1: Acesse o portal do CNIS.

Passo 2: Escolha a opção “Cidadão”.

Passo 3: Clique em “Inscrição”

Passo 4: Em seguida, selecione “Filiado”.

Passo 5: Insira todas as informações solicitadas.

Passo 6: Clique em continuar.

Passo 7: Por fim, seu número do PIS vai aparecer em uma faixa vermelha na tela.

Muito simples saber como o número do PIS é emitido pela internet, não é mesmo?

Número do PIS: Carteira de trabalho

Você pode encontrar o número do PIS diretamente na sua carteira de trabalho, como já mencionado anteriormente. Logo, se tiver com a sua por perto, não deixe de dar uma olhada.

Cartão PIS: Consulta

Com seu número do PIS em mãos, é possível realizar consultá-lo no site da Caixa, acessando o portal do banco através do link.

Ao fazer isso, insira o número do PIS, seu CPF ou um e-mail já cadastrado e, por fim, a senha. Lembre-se de responder o Captcha de segurança e clicar em “acessar”.

Se você ainda não é cadastrado, insira seu CPF e, em seguida, clique no botão referente a “Cadastrar”. Dessa forma, prossiga o cadastramento seguindo as instruções mostradas em tela a fim de conseguir entrar no portal.

Ao final do processo, você terá em tela as informações referentes à situação do seu PIS.

Número do PIS: Telefone

Número do PIS: Telefone

Em caso de dúvida, não deixe de entrar em contato com a Central de Atendimento telefônico pelo número 0800 726 0207.

Em suma, tenha em mente que com o número do PIS é possível solicitar, emitir e fazer diversos tipos de consulta em relação à situação do seu benefício do INSS. Por isso é muito importante tê-lo em mãos!

Tabela PIS 2020: Consultar Datas Atualizadas

O Programa de Integração Social (PIS) é conhecido como uma contribuição tributária feita pelo trabalhador da iniciativa privada para posteriormente ter acesso a benefícios especificados por lei – o principal deles é denominado de abono salarial.

A Caixa Econômica Federal é o banco responsável por realizar o pagamento desses benefícios aos trabalhadores, além de emitir as informações referentes às datas dispostas na tabela PIS 2020, entre outras coisas.

Ficou curioso e quer saber mais sobre esses serviços, e especificamente sobre a tabela PIS 2020? Então, continue lendo este artigo até o final pois iremos te explicar tudo o que você precisa saber sobre o PIS. Vamos lá?

Tabela PIS 2020: Consultar Datas Atualizadas

Como funciona a tabela do PIS

A informação principal que você deve entender para ter acesso ao seu benefício do PIS é quais são as datas liberadas pelo Governo Federal para esse resgate. Para isso, foi criada a tabela PIS 2020 que oferece essas informações vinculadas ao mês de nascimento do solicitante.

Para conferir a tabela PIS 2020 basta acessar o site da Caixa Econômica Federal através do link.

Quem tem direito ao PIS?

Podemos dizer que todos os cidadãos que contribuíram por mais de cinco anos com o programa têm direito a solicitar o benefício do abono salarial.

Além disso, o requerente deve ter trabalhado nos últimos 30 dias, recebendo um valor referente a dois salários mínimos do ano-corrente da solicitação.

Outras informações que devem estar em dia no sistema do empregador são aqueles referentes à Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Valor PIS 2020

O valor referente ao PIS 2020 é calculado proporcionalmente em relação ao número de meses trabalhados pelo solicitante no ano-base.

Dessa forma, para saber o valor do PIS é necessário primeiramente calcular o número de meses trabalhados e o salário mínimo vigente. O próximo passo é multiplicar o número de meses trabalhados por 1/12 do salário mínimo. Feito isso, você terá o valor do seu abono salarial.

Por esse motivo, o valor do benefício para cada trabalhador é diferente. Então, não deixe de fazer seu cálculo para ter acesso ao seu benefício ou, se preferir, apenas realize uma consulta da sua situação no portal da Caixa.

Para mais informações, você pode ainda ligar para a Central de Atendimento através do número 0800 726 0207.

Consulta tabela PIS 2020

A tabela PIS varia anualmente. Sendo assim, a tabela PIS 2020 pode ser consultada neste link do portal da Caixa Econômica Federal.

Aqui nós também trazemos o calendário atualizado para você consultar. Veja todas as datas:

Calendário PIS

Pagamento tabela PIS 2020

Para receber o pagamento do PIS, assim como já mencionado, você deve em primeiro lugar conferir a tabela PIS 2020, na qual as datas para o resgate do benefício estão dispostas.

Após realizar essa consulta, anote a data referente ao seu mês de nascimento e se dirija à uma unidade da Caixa Econômica Federal munido de seu Cartão Cidadão para receber o seu benefício.

Como fazer consulta do PIS

Como fazer consulta do PIS

Caso não saiba, existe mais de uma opção de consulta do PIS para você cidadão da iniciativa privada. Veja a seguir quais são elas e escolha a que preferir:

Consultar PIS pela internet

A primeira opção e uma das mais utilizadas é a consulta do PIS via internet. Para acessá-la, visite o portal da Caixa por meio do seguinte link.

Feito isso, informe os dados solicitados, que nesse caso são o CPF ou e-mail pré cadastrado, o número NIS (referente ao número PIS) e a senha. Além disso, não deixe de responder o código de segurança Captcha e solicitar a pesquisa.

Por fim, as informações referentes à situação do seu PIS estarão dispostas em tela.

Consulta por telefone

Outra opção para o trabalhador que não possui muita intimidade com a internet é a consulta do PIS por meio de uma ligação para a Central de Atendimento da Caixa Econômica Federal através do número 0800 726 0207.

Assim que entrar em contato com um atendente, ele irá te auxiliar no processo de consulta te perguntando algumas informações cruciais para a pesquisa, como seu CPF, email de cadastro, entre outras.

Consulta PIS no caixa eletrônico

Além disso, outra opção de consulta é a pessoalmente. Para solicitá-la, vá até uma unidade da Caixa, se direcione a um caixa eletrônico com seu Cartão Cidadão e senha pré cadastrada e siga corretamente os passos dispostos em tela.

Consulta PIS aplicativo Caixa

Como uma nova opção para aqueles que gostam de ter tudo a apenas um clique, a Caixa Econômica Federal oferece o aplicativo Caixa Trabalhador. Com ele você pode solicitar consultas referente ao PIS, assim como acessar as informações sobre o abono salarial, seguro-desemprego e, principalmente, a tabela PIS 2020.

O aplicativo está disponível para celulares Android na Play Store ou para iOS na App Store.

Em suma, o processo de consulta da tabela PIS 2020 não é difícil de ser colocado em prática, não é mesmo?

Calendário PIS 2020

Você já sabe qual é o calendário do PIS 2020? Caso a resposta seja não, fique tranquilo. Afinal de contas, neste artigo iremos te falar como é possível realizar a consulta do calendário e também explicar como ter acesso a alguns benefícios do programa. Continue lendo até o final para descobrir mais informações. Boa leitura!

Calendário PIS 2020

Como funciona o PIS

O Programa de Integração Social, mais conhecido como PIS, é um tipo de contribuição tributária que o trabalhador da iniciativa privada tem que fazer para ter acesso a benefícios especificados por lei.

Esse pagamento do PIS é feito através do portal da Caixa Econômica Federal. Então, para fazer a consulta desse benefício você precisa estar dentro do grupo de pessoas que podem recebê-lo e seguir alguns passos simples para realizar o processo.

Além disso, ao final da consulta do PIS você deve conferir o calendário do PIS 2020 referente ao abono salarial através do site da Caixa, para só assim conseguir ir a uma unidade bancária a fim de retirar o seu dinheiro.

Para saber mais sobre esse benefício e ter acesso ao calendário do PIS 2020, continue acompanhando este conteúdo.

Quem tem direito ao PIS?

Para ter direito ao PIS 2020 é necessário estar cadastrado no sistema há pelo menos cinco anos, assim como ter recebido pagamentos médios mensais de até dois salários mínimos neste período.

Além disso, o cidadão deve ter exercido atividade remunerada nos últimos 30 dias e ter seus dados de pessoa jurídica informados de forma correta pela RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Valor PIS 2020

O valor do PIS 2020 é referente ao abono salarial, que desde o ano de 2015 é calculado proporcionalmente em relação ao tempo trabalhado no ano-base em que é solicitado.

Desse modo, o cálculo corresponde ao número de meses trabalhados multiplicados por 1/12 do salário mínimo vigente. Logo, o valor para cada trabalhador é diferente e necessita de um cálculo para se chegar a conclusão.

Em caso de dúvida acesse o portal da Caixa para mais informações sobre como realizar esse cálculo, ou ligue para a Central de Atendimento através do número 0800 726 0207.

Consulta calendário PIS 2020

O calendário do PIS 2020 está disponível no site da Caixa Econômica Federal, mas você pode consultar todas as datas abaixo.

Veja na tabela quais são as datas em que o seu saque estará liberado tendo como base o seu mês de nascimento.

Consulta calendário PIS 2020

Pagamento PIS 2020

O pagamento PIS 2020, assim como já mencionado, pode ser solicitado a partir da data disponível no calendário do PIS 2020.

Sendo assim, lembre-se de acessar o portal da Caixa para confirmar as datas. Feito isso, é só se dirigir à uma unidade do banco munido de seu Cartão Cidadão com o objetivo de receber o benefício.

Como fazer consulta do PIS

No geral, existem várias opções para você que deseja realizar a consulta do PIS 2020. Veja quais são elas a seguir:

Consultar PIS pela internet

A primeira opção disponível é através da internet e para isso você deve acessar o portal por meio do seguinte link.

Em seguida, preencha o formulário com as informações solicitadas, que nesse caso são o CPF ou e-mail pré cadastrado, o número NIS (é o mesmo que o número do PIS/PASEP) e a senha. Não se esqueça de responder ao Captcha de segurança e prossiga a consulta.

Caso você ainda não seja cadastrado, basta inserir seu CPF e, em seguida, clicar no botão referente a “Cadastrar”. Feito isso, siga corretamente as instruções de cadastro a fim de conseguir entrar no portal.

Por fim, você terá em tela as informações referentes à situação do seu PIS.

Consulta por telefone

É possível também realizar a consulta do PIS através do telefone da Central de Atendimento da Caixa Econômica Federal ligando para o número 0800 726 0207.

Ao ligar, é só solicitar a um atendente o serviço de consulta do PIS e ele pedirá algumas informações suas de cadastro e, por fim, informará a sua situação. Caso queira, dessa forma é possível ainda consultar o calendário do PIS 2020.

Consulta PIS no caixa eletrônico

Caso prefira realizar a consulta pessoalmente, basta se dirigir à uma unidade da Caixa e solicitar através do caixa eletrônico. Nesse caso, é necessário ter em mãos seu Cartão Cidadão e sua senha pré cadastrada para realizar a consulta e posteriormente o saque.

Consulta PIS aplicativo caixa

Consulta PIS aplicativo caixa

Para ajudar você que gosta de ter tudo a apenas um clique de distância, a Caixa Econômica Federal oferece em seu aplicativo Caixa Trabalhador as opções de consulta PIS, além de informações sobre o abono salarial, seguro-desemprego, e os calendários de pagamento. O aplicativo está disponível na Play Store para celulares Androids ou na App Store para iOS.

Ficou mais fácil saber como fazer consultas referentes ao benefício, assim como acompanhar o calendário do PIS 2020, não é mesmo?

Consulta PIS: Como Fazer

O PIS (Programa de Integração Social) é uma contribuição tributária que o trabalhador da iniciativa privada tem que fazer para ter acesso a benefícios especificados por lei, além de colaborar para o desenvolvimento de empresas da sua área.

O pagamento dos benefícios do PIS é feito através do portal da Caixa Econômica Federal.

Então, se você é um empregado da iniciativa privada e deseja fazer a consulta do PIS, não se preocupe. Neste artigo iremos te explicar tudo o que você precisa saber sobre como fazer essa pesquisa. Vamos lá?

Consulta PIS: Como Fazer

Consulta número do PIS

Caso você ainda não tenha em mãos o número do seu PIS, não se preocupe. Basta acessar o portal do CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) e, em seguida, clicar no item “Cidadão”.

Feito isso, selecione a opção referente à “Inscrição” e logo depois “Filiado”, e aparecerá em tela um formulário eletrônico, o qual você deve preencher com as informações solicitadas. Não se esqueça de assinalar o Captcha de segurança e clicar em “continuar”.

Para finalizar, portanto, aparecerá em tela o seu NIT (Número de Identificação do Trabalhador). Esse número é o mesmo do seu PIS ou PASEP.

Consulta cadastro PIS

Se você deseja saber informações sobre o pagamento de benefícios, é só fazer a consulta do PIS. É possível fazer essa pesquisa através de diversos meios, seja pelo site da Caixa ou pelo portal do Meu INSS. Tudo isso você saberá com mais detalhes no decorrer deste artigo.

Consulta PIS Caixa

Para realizar a consulta do PIS através da Caixa, você deve acessar o portal por meio do seguinte link.

Ao fazer isso, insira as informações solicitadas, que nesse caso são o número NIS (é o mesmo que o número do PIS/PASEP) o CPF ou até mesmo o seu e-mail já cadastrado, e por fim a senha. Lembre-se de assinalar o Captcha de segurança e clique em “acessar”.

Caso você queira se cadastrar, insira seu CPF e, em seguida, clique no botão referente a “Cadastrar”. Então, siga corretamente as instruções de cadastro a fim de conseguir entrar no portal.

Por fim, você terá em tela as informações referentes a sua situação do seu PIS.

Consulta PIS Banco do Brasil

Assim como o PIS, existe outro programa que regula o pagamento dos benefícios do trabalhador da iniciativa pública, ele é chamado de PASEP. O pagamento do PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é feito através do Banco do Brasil.

Para realizar a consulta do PIS no Banco do Brasil, é só acessar o portal da instituição através do link e seguir os passos solicitados.

Consulta PIS Dataprev

O Dataprev é a sigla para Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social. Infelizmente, não é possível fazer consulta do PIS ou até mesmo emitir seu extrato através do portal Dataprev, você deve acessar o portal da Caixa Econômica Federal ou ir até uma agência do INSS próxima da sua residência.

Consulta PIS pelo CPF

Para realizar a consulta do PIS através do número do seu CPF, tudo o que você precisa fazer é acessar o portal do Meu INSS através do link. Feito isso, realize o login com seu CPF e a sua senha única do sistema Gov.br e serão apresentadas em tela as informações referentes ao seu número do PIS.

Consulta saldo PIS

Para realizar a consulta do seu saldo PIS, acesse o portal da Caixa e faça o login com seu NIS, CPF ou e-mail. Lembre-se de inserir a senha previamente cadastrada e assinalar o Captcha de segurança e, por fim, clicar em “continuar”.

Assim, serão dispostas em tela as informações referentes à sua situação, assim como o saldo disponível para saque no seu PIS.

Consulta pagamento PIS

Da mesma forma que a consulta de saldo do PIS, você deve acessar o portal da Caixa e realizar o login para ter acesso ao pagamento do benefício.

Para realizar o saque desse valor, você deve estar munido do seu documento original com foto e prestar a atenção ao calendário de pagamentos dos Rendimentos do PIS e do Abono Salarial que estão disponíveis no site do banco.

Consulta PIS por telefone

Se preferir, é possível realizar a consulta do PIS através do telefone da Central de Atendimento da Caixa Econômica Federal através do número 0800 726 0207.

Consulta Cota PIS

Para fazer a consulta da cota do PIS, acesse o portal da Caixa e realize o login no sistema. Dessa forma serão dispostas em tela as cotas disponíveis, bem como o calendário para saque do benefício.

Consulta Abono PIS

Consulta Abono PIS

O cidadão que tem direito ao Abono Salarial do PIS, deve realizar a consulta através do site da Caixa. Nesse caso, basta acessar o portal, inserir as informações solicitadas e, por fim, serão disponibilizadas as informações sobre o abono.

Olá Mundo

O consenso sobre a necessidade de qualificação oferece uma interessante oportunidade para verificação do sistema de participação geral. As experiências acumuladas demonstram que a complexidade dos estudos efetuados cumpre um papel essencial na formulação dos modos de operação convencionais. Acima de tudo, é fundamental ressaltar que a mobilidade dos capitais internacionais ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança de todos os recursos funcionais envolvidos.

Caros amigos, a crescente influência da mídia apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como o comprometimento entre as equipes possibilita uma melhor visão global das novas proposições. A prática cotidiana prova que o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos é uma das consequências de alternativas às soluções ortodoxas. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que a valorização de fatores subjetivos facilita a criação do impacto na agilidade decisória.

Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se a adoção de políticas descentralizadoras afeta positivamente a correta previsão dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Evidentemente, a contínua expansão de nossa atividade assume importantes posições no estabelecimento das direções preferenciais no sentido do progresso. Desta maneira, o início da atividade geral de formação de atitudes exige a precisão e a definição da gestão inovadora da qual fazemos parte. Todavia, o acompanhamento das preferências de consumo representa uma abertura para a melhoria das diretrizes de desenvolvimento para o futuro.

Pensando mais a longo prazo, o desafiador cenário globalizado aponta para a melhoria das diversas correntes de pensamento. É claro que o surgimento do comércio virtual promove a alavancagem do orçamento setorial. No mundo atual, a revolução dos costumes causa impacto indireto na reavaliação dos índices pretendidos. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como a expansão dos mercados mundiais obstaculiza a apreciação da importância das condições inegavelmente apropriadas.